Ferramentas, Máquinas Elétrica e Compressores de ar | Ferramentas Kennedy

25 03/07/2019

Pintar a casa sozinho demanda disposição e alguns cuidados importantes. Veja algumas dicas

Muita gente adia aquela pintura há tempos necessária das paredes de casa por não conhecer pintores de confiança ou por estar com o orçamento curto para pagar um bom profissional. 

Porém, isso não precisa ser um impeditivo para deixar a casa do jeito que você gosta. Além de economizar e deixar tudo como deseja, pintar a casa por si mesmo pode ser uma atividade divertida em família. Aqui estão cinco dicas para fazer tudo certo:

01. Saiba bem a quantidade


Se o objetivo é economizar, não faz sentido gastar de forma desnecessária com tinta. Por isso, é fundamental calcular bem a quantidade. Fazer isso é fácil: multiplique a largura da parede pela altura. Depois, multiplique esse resultado pelo número de camadas, ou demãos, a serem passadas. Pronto, essa é a metragem final. 

Geralmente, as latas de tinta mostram quantos metros são cobertos. Caso contrário, é bom pedir ajuda para os vendedores.

02. Misture a tinta


Mesmo que você compre tintas da mesma marca e da mesma cor, lotes distintos podem ter pequenas diferenças na tonalidade. Esses contrastes podem ser imperceptíveis na lata, mas talvez fiquem evidentes na parede. Para evitar que isso aconteça, uma boa opção é misturar a tinta da mesma cor em um único recipiente antes de pintar.

03. Compre com cautela


Muita gente já se apaixonou por uma cor de tinta no catálogo, mas, na hora de pintar, viu que não era bem aquilo que queria. Para evitar surpresas e gastos desnecessários, a recomendação é comprar antes uma quantidade menor para ver se a cor é aquela que você esperava.

04. Proteja tudo


Pintar a casa não pode ser sinônimo de sujeira ou estragos, por isso é bom estar preparado. A melhor opção para proteger o chão é o papelão - o plástico também pode ajudar, apesar de não absorver tão bem a tinta e ser menos recomendável ambientalmente. 

Uma outra dica importante é proteger as dobradiças da porta, para que o pigmento não prejudique seu funcionamento. Um pouco de vaselina líquida ajuda que a tinta não grude. Rodapés podem ser protegidos com fita crepe, enquanto maçanetas podem ficar seguras com papel alumínio. 

05. A técnica do W


Às vezes, pode ser difícil acertar a quantidade de tinta em todas as partes de uma parede. Uma ótima dica para garantir uma pintura melhor é utilizar a técnica do W. Ao pintar uma área, faça primeiro uma letra W nela com a tinta, e então pinte até o W original desaparecer, para então partir para a próxima área. Dessa forma, a pintura será homogênea e uniforme.

Viu só como essas dicas podem te ajudar no momento de realizar a tão sonhada pintura na residência? Agora é só comprar os materiais em nosso site e se programar para deixar a sua casa do seu jeito!

Sugestões da categoria

Mais itens
Newsletter

Quer mais desconto para comprar suas ferramentas?