5 fatores que provocam fissuras no concreto

375 11/07/2022

5 fatores que provocam fissuras no concreto

Avistou uma rachadura na parede? Pode ser sinal de infiltração ou outros problemas estruturais. Entenda! 

O concreto é basicamente uma mistura de cimento, água, areia e brita. Um material acessível, durável e de fácil manutenção quando aplicado corretamente. 

No entanto, um dos problemas que mais atormentam os construtores e engenheiros são as rachaduras e fissuras que aparecem em paredes, pisos, calçadas e vigas estruturais. 

Existem vários fatores que causam essas fissuras no concreto, mas eles podem ser controlados por uma melhor compreensão das possíveis causas e pela adoção de medidas preventivas. 

Continue lendo este artigo para entender esses fatores e conhecer algumas ações sugeridas para evitar esse problema. 

5 fatores que provocam fissuras no concreto 

Embora seja um material resistente, o concreto pode se deteriorar com o passar do tempo devido às intempéries, e até mesmo falhas de produção. 

  1. Infiltrações 

Eventualmente, podem ocorrer vazamentos no sistema de encanamento da casa, o que pode corroer a estrutura, causando fissuras. 

  1. Erros de execução 

Um pequeno erro nas proporções colocadas na hora da preparação do concreto pode comprometer toda a estrutura do edifício. O excesso de água é um dos problemas, pois enfraquece e expande o concreto. 

  1. Retração por secagem 

Ao contrário dos problemas de umidade, a falta de água também pode fazer com que o concreto encolha durante a secagem. Daí a importância de preparar o cimento nas medidas corretas. 

  1. Intempéries 

Chuvas fortes, exposição solar, terremotos e outros fenômenos naturais podem contribuir para o desgaste do concreto. 

  1. Peso em excesso 

A sobrecarga pode causar a ruptura do material e comprometer a segurança da estrutura.

Como prevenir este problema? 

Quando as rachaduras começam a aparecer, além de afetar a estética, a segurança da edificação também é prejudicada, por isso a estrutura precisa ser reparada antes que o problema se agrave. 

Primeiramente, é necessário determinar a provável causa das trincas e se elas estão se expandindo, para então iniciar a fase de reparo. 

  • Aditivos plastificantes: o uso de plastificantes durante a preparação do concreto pode ajudar a reduzir a quantidade de água e cimento necessária na produção. Dessa forma, o efeito de retração é reduzido sem comprometer as propriedades do concreto. 

  • Preenchimento da rachadura: abra toda a rachadura com uma espátula, raspe a tinta no seu entorno e limpe a superfície para evitar bolhas de ar. Para vedar, usamos uma massa em acrílico ou selantes próprios. Após esta etapa usamos tela de vedação, cobrimos com massa corrida, lixamos e fazemos o acabamento com a tinta. 

  • Umedecer as formas: prática muito comum no processo de concretagem. O calor da reação de hidratação é muito intenso nas primeiras horas, por isso é necessário molhar a forma que receberá o concreto, isso ajuda a melhorar a aderência das superfícies e controlar a temperatura nas primeiras horas. 

  • Cura do concreto: durante o processo de cura é preciso fazer um monitoramento rígido de umidade para saber como o material irá secar. É nos primeiros dias após a colocação do concreto que as rachaduras podem começar a aparecer. 

Leia também: Concretagem: tudo o que você precisa saber 

Fique atento se as rachaduras persistirem em aparecer ou aumentarem com o tempo, essas trincas podem danificar as paredes e indicar um sério problema. 

O que achou do conteúdo? A Ferramentas Kennedy oferece um portfólio completo de equipamentos e ferramentas para construção civil. Navegue em nosso site e encontre tudo o que precisa!