Super Dicas

Diferentes e muito versáteis, alicates de pressão podem ajudar em situações difíceis. Veja quais são as principais características

Entre os diversos tipos de alicates disponíveis, um se destaca pela sua forma diferente. O alicate de pressão é mais robusto e possui mecanismos diferentes do que seus primos mais comuns, como um gatilho em seu cabo. Essa peça é fundamental em qualquer caixa de ferramentas e nós vamos explicar a razão.

Trava e não solta

Como o nome já indica, o alicate de pressão serve para segurar e pressionar peças e superfícies, crimpar terminais e desapertar parafusos e porcas. O alicate de pressão prende, trava e não solta, auxiliando na fixação de peças que serão cortadas, lixadas ou soldadas, por exemplo. Eles oferecem resistência e segurança em trabalhos mais complexos.

Em trabalhos leves, podem ser usados como uma prensa. A regulagem da pressão é feita manualmente, de forma simples. Para destravar, há um gatilho que pode ser pressionado com a força de um dedo, liberando a pressão.

Além do seu uso mais comum, para exercer a pressão para que peças sejam cortadas ou soldadas, ele também é muito útil para retirar parafusos danificados, já que consegue prender a cabeça destes com mais facilidade.

A Ferramentas Kennedy possui diversos alicates de pressão. Clique aqui e confira!
 

Paredes de madeira exigem cuidados especiais. Veja como não cometer nenhum erro na hora da pintura

Pintar a casa é uma tarefa relaxante e prazerosa. Porém, se estivermos falando de uma casa de madeira, alguns cuidados diferentes devem ser tomados em relação à pintura tradicional. Paredes de madeira possuem particularidades que devem ser levadas em consideração na hora da pintura. Alguns cuidados devem ser tomados para que o material não sofra danos e para que a pintura funcione da forma como você espera. Veja quais são eles:

Retire toda a tinta anterior

A madeira é um bom material para pintura pois pode receber diversas camadas de tinta. Porém, antes de passar a próxima, é preciso retirar toda a tinta anterior. Para isso, utilize lixas próprias para madeira. Comece com uma mais grossa e finalize com uma mais fina, para deixar a madeira uniforme. Retire o pó com um pincel. Depois disso, verifique se a parede tem alguma imperfeição a ser consertada. Em caso positivo, faça essa correção com massa própria para madeira e, depois de duas horas, lixe novamente.

Prepare a madeira

Antes de passar a tinta, é preciso passar um material chamado fundo preparador, uma espécie de escudo que protege a parede e conserva a pintura. A maior vantagem de passar o fundo preparador é evitar que a madeira absorva uma quantidade excessiva de tinta, evitando assim que o material se desgaste. Além disso, ele também garante maior aderência da pintura. Passe de três a quatro demãos de fundo preparador antes de realizar a pintura.

Faça a pintura

Os tipos de tinta indicados para pinturas de paredes de madeira são os esmaltes a base de água ou sintéticos. O primeiro deve ser aplicados com um rolo de lã, enquanto o segundo pede a aplicação com um rolo de espuma. A quantidade de demãos depende da intensidade que você espera da nova cor e da tinta utilizada.

Viu como é fácil? Então navegue em nossa seção de pintura para escolher seus materiais e mão na massa!


Uma lavadora prática, leve, mas potente e muito forte aguarda por você. Veja mais detalhes!

Nada melhor do que uma lavadora de alta pressão para manter ambientes limpos e higienizados, não é mesmo? Essas máquinas potentes têm a capacidade de limpar diversos tipos de pisos com qualidade, além de economizar bastante água. Porém, para usar uma lavadora de alta pressão no dia a dia,  é preciso procurar uma máquina prática, leve e fácil de usar.

É este o caso da Lavadora de Alta Pressão 1595Lb Black & Decker, uma lavadora de fácil manuseio e transporte. Com uma mangueira de cinco metros de extensão, ela alcança até os locais mais difíceis, com auxílio de um cabo elétrico também de cinco metros e rodas para transporte. 

Seu sistema Auto Stop de Desligamento Automático interrompe o funcionamento do motor automaticamente logo que o gatilho da mangueira é liberado, interrompendo o jato de água e economizando.

Veja mais detalhes no vídeo abaixo e garanta já a sua!

 


A mangueira certa depende do tamanho e do material do produto. Confira algumas dicas

Na hora da limpeza, ter uma mangueira confiável pode fazer a diferença entre uma higienização bem feita e uma mais ou menos. Por isso, na hora de escolher uma mangueira, é importante prestar atenção em alguns aspectos para não se arrepender depois.

Tamanho

Um dos principais aspectos a se considerar na hora de comprar sua mangueira é o tamanho da área em que você irá utilizá-la. É importante medir a distância entre a torneira ou outra fonte de água que você utilizará e os pontos mais distantes do jardim, da calçada ou de qualquer outra área onde ela será utilizada.

Com essa informação, você pode buscar a mangueira ideal. Porém, além do comprimento, o diâmetro também deve ser levado em conta. Preste atenção no diâmetro da saída de água da sua torneira antes de fazer sua escolha.

Qualidade

Outro ponto importante é a qualidade do material. Mangueiras podem ser feitas de borracha, PVC, silicone e outros materiais. Cada um desses materiais possui suas vantagens e desvantagens. Mangueiras de borracha, por exemplo, são mais resistentes e exercem maior pressão, porém são mais pesadas. Mangueiras de plástico, por outro lado, são mais leves, porém deformam com facilidade.

Além desses aspectos, é importante avaliar se a mangueira tem boa resistência a mudanças de temperatura e pressão e a elasticidade e resistência do material.

A Ferramentas Kennedy possui todos os tipos de mangueira para você escolher. Clique aqui para ver as opções!


Descubra como fazer a manutenção correta da sua furadeira e quando procurar ajuda profissional

Furadeiras são ferramentas potentes. Seu uso contínuo pode desgastar seus componentes, causando falhas e problemas de performance. Quando isso acontece, surge a dúvida se é possível fazer os reparos necessários em casa. Afinal, é possível fazer a manutenção da furadeira sozinho?

A resposta para essa pergunta é não. Furadeiras são máquinas complexas, que precisam do reparo de um profissional habilitado. Caso você abra a máquina e tente fazer um conserto por conta própria, pode até mesmo perder a garantia do fabricante. Portanto, quando perceber algum problema, como a perda de velocidade, falhas ou desgaste, é hora de levar ela até uma assistência técnica.

Mas o que eu posso fazer?

Isso não quer dizer que não há nada que você possa fazer para manter sua ferramenta funcionando perfeitamente. A melhor coisa que você pode fazer por sua furadeira é a chamada manutenção preventiva. Pequenas atitudes do dia a dia podem fazer com que a vida útil da máquina seja muito maior e a necessidade de gastar dinheiro com uma assistência técnica muito menor.
Estes cuidados incluem:
•    Usar a broca correta: cada broca é recomendada para um tipo de perfuração. Utilizar brocas incorretas pode desgastar a máquina. Para saber mais sobre os tipos de brocas, clique aqui!
•    Manter a ferramenta limpa: o excesso de sujeira pode causar danos à sua furadeira. Sempre que usá-la, faça uma boa limpeza externa e no motor, retirando poeira e outros resíduos com a ajuda de panos, pincéis ou escovas. A limpeza também deve ser feita caso a máquina fique guardada por muito tempo.
•    Mantenha as saídas de ar desobstruídas
•    Mantenha as partes metálicas sempre lubrificadas
Dessa forma, você garante que a ferramenta não tenha problemas e funcione corretamente por mais tempo!
 


QUER MAIS DESCONTO PARA COMPRAR SUAS FERRAMENTAS?

Assine nossa letter e aproveite nossas promoções!