MDF x MDP: Qual é a diferença no trabalho do marceneiro?

1622 18/07/2022

MDF x MDP: Qual é a diferença no trabalho do marceneiro?

Conheça as características de cada tipo de madeira 

Se você está procurando móveis novos para renovar o interior de sua casa ou quer construir uma nova mobília, pode surgir a dúvida de qual material optar. Os mais escolhidos são geralmente o MDP e MDF. Mas você sabe a diferença entre eles? Quando usar cada tipo? 

Continue lendo o texto para entender: 

MDF X MDP 

Ambos são feitos da mesma árvore, pinus ou eucalipto, que são baratos, práticos e excelentes para a confecção de peças. 

MDF  

Em inglês Medium Density Fiberboard, que significa painel de fibra de média densidade. O material é feito de fibras densas e resinas sintéticas, que facilita a criação de diferentes projetos, com cortes curvos e acabamentos diferenciados, dando mais liberdade para os marceneiros trabalharem. 

  • Mais resistente; 
  • Material maleável que pode ser cortado em várias direções; 
  • Aceita todos os tipos de revestimentos; 
  • Absorve mais umidade e incha mais facilmente; 
  • Suporta menos peso; 
  • É ecologicamente sustentável. 

MDP 

Em inglês Medium Density Particleboard, que significa painel de partículas de média densidade. Ou seja, o material é feito de várias camadas de partículas de madeira prensada, duas são mais finas nas extremidades e o miolo é mais grosso. Essa estrutura torna o material mais resistente para suportar mais cargas. 

  • Alta estabilidade; 
  • Ótimo para cortes retos; 
  • Suporta mais peso; 
  • Por conta das camadas, absorve menos umidade; 
  • É ecologicamente sustentável. 

Onde usar cada tipo de madeira? 

O MDF é ideal para quem procura uma superfície mais fácil de manusear e que permita diferentes acabamentos. Como podem ser usados para criar peças retilíneas e curvas, o material é bem recomendado para quartos, salas, berços e guarda-roupas. Por não ser à prova d'água, o MDP costuma ser melhor para ambientes úmidos. 

O MDP, por outro lado, é adequado apenas para móveis retos, como portas e tampos de mesa. Muito utilizado em armários, e prateleiras de cozinhas e banheiros, pois resistem bem à umidade e suportam cargas pesadas. 

Também é comum combinar dois tipos de materiais no mesmo móvel. Somando-se à funcionalidade e qualidade da peça, é possível projetar uma cozinha completa com prateleiras em MDP que podem suportar mais peso, enquanto as portas e gavetas podem ser em MDF

Ferramentas para trabalhar com MDF e MDP 

Esses materiais são menos exigentes na etapa de acabamento, mas ainda necessitam de algumas ferramentas para ajudá-lo a realizar o trabalho, como: 

  • Serra tico-tico: possui uma lâmina de corte que permite que a máquina faça movimentos precisos para frente e para trás; 

  • Tupia: o objetivo é fazer cortes manuais para acabamento, de acordo com necessidades específicas; 

  • Furadeira e Parafusadeira: auxiliam na instalação e montagem de um móvel. Ótimo para apertar e soltar parafusos, e fazer furos simples em madeira. 

Já comprou suas ferramentas? Na Ferramentas Kennedy, você encontra tudo isso e muito mais para marcenaria. Acesse!