335 27/09/2019

Quais são os tipos de pregos e suas funções?

Cada um dos diferentes pregos existentes no mercado é recomendado para diferentes serviços. Veja quais são os principais deles

Usar pregos é tão comum em obras, reparos e construções que muitas vezes nem paramos para pensar quais são as diferenças entre eles. Porém, elas existem  e fazem toda a diferença. Sem o prego adequado, o material onde eles são colocados pode rachar e sofrer danos indesejados. Veja abaixo quais são os pregos mais comuns e quais são suas funções:

Pregos com cabeça
São os pregos mais comuns. Podem ser usados em construções e reparos domésticos, principalmente em locais que não são facilmente visualizados, já que sua cabeça mais alongada deixa marcas.
Pregos sem cabeça
O nome não condiz exatamente com a realidade: estes pregos possuem cabeça, mas elas são minúsculas, de modo que são facilmente escondidas. Por essa razão, são utilizados em serviços mais refinados de marcenaria, por exemplo.
Pregos com cabeça dupla

Como o nome diz, possuem duas cabeças e são utilizados normalmente para serviços temporários, como marcações, por exemplo, para não causarem dano na madeira.
Pregos para taco
São tipos específicos de prego para serem usados na colocação de tacos de madeira em pisos e batentes de portas. Sua principal característica é sua cabeça em formato de L, que dificulta sua remoção nestes locais.
Pregos telheiros


Como o nome diz, são usados preferencialmente em telhas. Possui uma cabeça maior do que o normal e um sistema de vedação que impede vazamentos.
Pregos anelados
Seu formato e sua constituição fazem desse prego ideal para uso em madeiras mais leves e sensíveis, com pallets, por exemplo
Pregos ardox
Ao contrário dos pregos anelados, estes pregos são recomendados para madeiras mais resistentes por causa do formato de broca de sua ponta, o que garante a fixação.

 

Sugestões da categoria

Mais itens

Quer mais desconto para comprar suas ferramentas?