casa

Realizar o sonho do seu filho de ter uma casa na árvore pode ser uma tarefa divertida para toda a família


Aprenda a construir uma casa na árvore para brincar com seus filhos!
Realizar o sonho do seu filho de ter uma casa na árvore pode ser uma tarefa divertida para toda a família

A Ferramentas Kennedy preparou um conteúdo muito legal para você realizar o sonho do seu filho de ter uma casa na árvore, respeitando a natureza e construindo algo muito divertido.

 

É possível construir uma casa na árvore?

Tudo depende da árvore que serve de estrutura e suporte. Veja o passo a passo.
 

01. Escolha a árvore


É essencial que a árvore escolhida seja firme, tenha um tronco largo, galhos firmes e raízes profundas. Além disso, consulte um especialista para entender se a árvore está em boas condições, ou seja, sem sinais de doença ou parasitas.

Quando você escolher a árvore, irá precisar calcular o diâmetro dela. Da mesma forma, será necessário medir com precisão onde você precisará cortar o tronco e os galhos das árvores. A espessura das vigas de suporte para a casa dependerá do tamanho e localização específica da base.

Vale ressaltar que uma casa na árvore padrão mede mais ou menos 3x3 metros. Esse tipo de estrutura requer um tronco de pelo menos 30cm de diâmetro.

 

02. Estruture a base


É preciso tomar muito cuidado com os fatores ambientais como o vento, por exemplo. Se a estrutura não for firme o suficiente, a casa pode cair em situações climáticas avantajadas.  Por isso, é preciso entender que a estrutura base da casa da árvore pode ser feita de três formas:

Parafusada à árvore:
Na base, as vigas de suporte serão parafusadas diretamente no tronco da árvore. Apesar de ser o método que pode mais danificar a estrutura da árvore, talvez seja o mais seguro contra eventuais quedas. Por isso, use os materiais adequados, como parafusadeiras, martelos e chaves.

Flutuante:
Aqui, você utilizará os galhos mais altos e fortes para suspender a casa com cordas, cabos e correntes. Para isso, é preciso entender exatamente o tipo da árvore que está usando e se vai suportar o peso projetado nela.

Postes de suporte:
Os postes de suporte serão presos ao solo, perto da árvore, mas não fixados nela. Deixe bastante espaço ao redor da base para que a árvore possa balançar livremente com o vento. 


03. Vamos montar?


Se a árvore escolhida tiver ramos em forma de V, ela oferece um suporte ainda mais sólido para a construção da sua casa na árvore, pois ela terá 4 pontos de fixação. Para isso, será preciso usar uma broca de 10mm nos 4 pontos de fixação dos galhos opostos e realizar os furos na horizontal e na mesma altura. Lembre-se de alinhar corretamente para não deixar a plataforma irregular.

Quando as vigas estiverem fixadas, chegou a hora de colocar os tirantes a uma distância proporcional, apoiados e fixados às vigas. É conveniente usar pedaços de madeira com tamanhos padrões para usarmos suportes e âncoras de ferro galvanizado.

Hora da plataforma

Depois de ter as vigas fixadas, você chegará no ponto de realizar o chão da plataforma, que precisa ter uma superfície firme para executar o resto do trabalho. Lembre-se de fixar a escada na plataforma, na árvore e no chão.  Feito isso, fixe os pilares aos cantos no chão da plataforma com suportes de metal e coloque outros pilares nas extremidades das janelas e portas.

O último passo para a plataforma é colocar uma viga periférica ancorada em cada um dos pilares e outra na altura da parte inferior da janela. 

De olho no telhado

Não se esqueça que o telhado deve ser 100% impermeável e que antes de fixar as telhas ou placas, devemos grampear um pedaço de tecido plástico grosso na estrutura da casa.

 

04. Finalize o acesso à casa da árvore


É importante prestar atenção na forma como seu filho irá acessar seu novo brinquedo. É preciso que ele seja seguro e resistente. Alguns exemplos são:

- Escada de corda:
Uma corda e varas curtas amarradas a ela até atingir o chão.

- Escada de mão:
Use uma escada tradicional que servirá para subir de forma mais rápida.

- Escada fixa:
A opção mais segura, pois já deverá estar ancorada na própria casa na árvore.

Que tal tornar esse Dia dos Pais mais divertido com o seu filho? A Ferramentas Kennedy possui uma seleção de produtos com descontos imbatíveis para que você possa escolher as ferramentas necessárias e construir uma casa na árvore junto com o seu pequeno. Aproveite, acesse nosso site e confira!

 

Pintar a casa pode ser uma atividade econômica e prazerosa, mas  é preciso ter os equipamentos certos!

Pintar as paredes de casa você mesmo é sempre uma opção válida. Além de economizar, essa pode ser uma atividade prazerosa para se fazer em família. Porém, para que tudo saia do jeito que a gente imagina, é preciso ter as ferramentas e acessórios necessários. Nem sempre dá para ter tudo o que a gente quer, mas alguns equipamentos são básicos para uma boa pintura.

Confira abaixo o que não pode faltar na hora de começar a pintar a casa:

Rolo de pintura

O rolo é a principal ferramenta para a pintura, por isso deve ser escolhido com muito cuidado. Cada rolo destina-se a um tipo diferente de superfície e tinta, portanto é importante pesquisar bem, conversar com um vendedor e comprar o que for mais adequado às suas paredes. Rolos de espuma, por exemplo, são destinados ao uso com esmalte, verniz ou óleo, enquanto rolos de lã devem ser usados com tintas à base de água. 

Pincel

O pincel também é um acessório fundamental. É com ele que são feitos os acabamentos e detalhes. Cada tipo de pincel possui cerdas recomendadas para determinados tipos de tintas. Tintas látex, por exemplo, devem ser manejadas com pincel de cerdas gris, enquanto tintas a base de solventes devem ser utilizadas com pincéis de cerdas brancas.

Lixas

Antes de pintar, é preciso deixar a superfície bem nivelada. Por isso, ter as lixas necessárias também é fundamental. Clique aqui para saber um pouco mais sobre as lixas e as superfícies onde elas devem ser utilizadas. Outra opção para retirar imperfeições é uma espátula de aço. Caso essas imperfeições sejam muito profundas, o jeito é utilizar argamassa para deixar tudo preparado para a pintura.

Proteção para os móveis

Proteger a casa antes de começar a pintar é muito importante. Por isso, tenha em mãos os materiais necessários para isso: lonas, papelão, plástico etc. Clique aqui para ver algumas dicas sobre a proteção dos móveis antes de pintar.

Tinta adequada

Chegou a hora de pintar - mas que tinta usar nas suas paredes? Além de combinarem com os rolos e os pincéis, as tintas também devem ser adequadas com o tipo de material que compõe a superfície que será pintada. Neste guia você encontra as diferenças entre cada tipo de tinta e suas aplicações.

Existem ainda outros acessórios que ajudam muito na hora da pintura, como extensores de rolos, misturadores de tintas, bem como equipamentos de proteção, como óculos e luvas, entre outros. Tudo depende do quanto você quer e pode investir e do tamanho do serviço!


Está em dúvida sobre qual aspirador de pó comprar? Então veja aqui quais são as principais características para levar em conta na hora da escolha

O tempo seco dessa época do ano não atrapalha apenas nosso sistema respiratório. O acúmulo de pó em casa também aumenta, por isso é importante ter os acessórios necessários para manter tudo sempre limpo. Um bom aspirador de pó torna essa tarefa muito mais prática e fácil. Mas qual é o aspirador de pó mais recomendado para a sua casa?

Na lista abaixo, o Blog da FK apresenta as principais características dos aspiradores mais comuns do mercado. Assim, você pode escolher com muita informação o aparelho mais adequado para o seu lar!

Aspirador comum

O aspirador de pó tradicional é um aparelho comum nas nossas casas há muito tempo. Com um reservatório para acumular a sujeira recolhida,é um aparelho prático e muito útil. Além daqueles maiores, há ainda os aspiradores portáteis, muito bons para acessar espaços menores e para casas sem muito espaço para armazenamento.

Aspirador de pó e água

Ideal para locais úmidos, o aspirador de pó e água possui dois compartimentos separados, o que permite que ele aspire tanto resíduos sólidos quanto líquidos. É um aparelho muito versátil e bom para a limpeza de estofados, carpetes e diversos outros tipos de superfícies que exigem uma limpeza mais profunda.

Extratora

Uma extratora é um tipo mais profissional de aspirador. Também conhecida como aspirador multifuncional, ela aspira e seca sólidos e líquidos. Por toda essa versatilidade, é muito usada para a limpeza de veículos, mas também  pode ser usada na limpeza de pisos, estofados e outros locais.

Robô aspirador

Por fim, uma novidade que aos poucos está chegando em diversos lares do país, o robô aspirador. A principal vantagem desse aparelho é a autonomia: com a programação certa, ele faz a limpeza automaticamente, desviando de obstáculos e evitando batidas através de sensores de movimento.

Agora que você já sabe as principais diferenças entre os aspiradores, navegue no site da FK e encontre o aparelho ideal para manter a sua casa limpa!


Estragos causados pelo vento nas últimas semanas acenderam o alerta para os perigos de rajadas mais fortes. Veja como se proteger

Nas últimas semanas, a região sul do país teve muitas dificuldades com os ventos fortes. O chamado ciclone bomba causou diversos estragos, derrubando árvores e deixando casas e edifícios destelhados.

Quando a natureza mostra seu lado mais selvagem,  nós ficamos com a impressão que não há muito o que possa ser feito, mas isso é só parcialmente verdade. A força da natureza é realmente impressionante, mas há algumas medidas que podemos tomar para nos proteger - nesse caso específico, proteger nossos telhados contra os ventos fortes.

Reforço e proteção

Uma boa alternativa para proteger os telhados de ventos e tempestades é reforçar as linhas de telhas com materiais que possam segurá-las no lugar, como metal ou concreto. Dessa forma, é muito mais difícil que elas saiam voando. Para fazer isso, é preciso consultar um profissional capaz de averiguar a incidência de ventos na região e decidir qual é a melhor alternativa para a sua casa.

Se o problema for as chuvas constantes e fortes, é preciso proteger o telhado com lonas ou mantas impermeabilizantes. Para se proteger do granizo, uma opção é utilizar telhas de cimento, muito mais resistentes que as de cerâmica.

Janelas e outras estruturas

Caso a sua região seja alvo de ventos e tempestades constantes, vale considerar a ideia de trocar os vidros das janelas por versões com mais espessura, garantindo a sua segurança e a da sua família. Outra estrutura que merece atenção é a caixa d’água. Para protegê-la, é possível construir uma proteção com vigas e pilares para que ela fique travada no lugar.


Soluções caseiras podem resolver esse problema. Veja algumas dicas importantes

Limpar a casa é uma tarefa constante, não é mesmo? Deixar tudo brilhando é uma sensação sempre muito prazerosa. Porém, quando não conseguimos limpar um canto que acumula sujeira, isso pode ser bastante frustrante. Esse acúmulo pode ser bastante frequente naquele espaço entre os azulejos, o famoso rejunte.

Azulejos são muito comuns no revestimento de cozinhas ou banheiros, e para limpar nesses locais, uma limpeza tradicional muitas vezes não é o suficiente. Para resolver esse problema, é preciso usar algumas técnicas especiais. Veja algumas dicas:

Solução caseira

Caso água e sabão não estejam sendo suficientes, é possível fazer uma solução caseira que funciona muito bem. Você vai precisar de:

350 ml de água sanitária ou cloro

4 colheres de sopa de bicarbonato de sódio

350 ml de água

Misture os ingredientes em um borrifador, aplique-os sobre os azulejos e deixe-os agir por 10 minutos. Depois, é só esfregar, secar e enxaguar.

Outras opções

Caso o problema seja a gordura acumulada nos azulejos da cozinha, uma boa solução é utilizar uma solução com amoníaco e água quente - lembrando sempre que é preciso se informar bem sobre a segurança no uso do amoníaco. Se o problema são os fungos que se acumulam nos rejuntes, principalmente no banheiro, a água oxigenada é uma poderosa aliada, enquanto o vinagre pode ajudar a combater o mofo nestes locais.

Em qualquer uma dessas aplicações, é preciso utilizar luvas de proteção nas mãos!

Gostou das dicas? Então fique ligado aqui no Blog da FK para receber mais conteúdos como este!


QUER MAIS DESCONTO PARA COMPRAR SUAS FERRAMENTAS?

Assine nossa letter e aproveite nossas promoções!