Discos de corte podem ter diferentes formatos, marcas e materiais. Veja como diferenciá-los para usar o disco correto em sua ferramenta

Diversos tipos de máquinas e ferramentas, como serras circulares, serras mármore, esmerilhadeiras, etc, utilizam discos de corte para realizar suas funções.A variedade dos discos disponíveis no mercado acontece em função dos diferentes materiais que eles são capazes de cortar, assim como as ferramentas em que eles devem ser usados. Veja abaixo um guia breve para entender qual disco de corte é mais adequado para cada serviço:

Discos diamantados

São discos usados para materiais como mármore, concreto, alvenaria, entre outros. Podem ser usados em diversos tipos de indústrias.  Podem ser lisos, com uma superfície totalmente plana, usados para acabamentos, ou segmentados, com dentes, usados para materiais que não precisam de grande precisão.

Discos de aço

Feitos com óxido de alumínio, estes discos são bastante finos e garantem muito desempenho. São utilizados em serralherias e para cortes de metal. Por se desgastarem bastante, possuem vida útil curta.

Discos refratários

São discos feitos com carbureto de silício, capazes de cortar concreto, granito e materiais refratários resistentes a altas temperaturas. Ideais para setores como construção civil, funilaria, entre outros.

Discos de dentes alternados

São os discos ideais para cortes em madeira. Se tiverem poucos dentes, realizam cortes mais rápidos, evitando assim um esforço muito grande do usuário. Caso esteja-se buscando mais precisão, o número de dentes deve ser maior. 

 

A Ferramentas Kennedy possui estes e outros discos para garantir qualidade e precisão no seu serviço. Navegue em nosso site e descubra qual o melhor disco para o seu serviço.

 


Com diferentes tamanhos e modelos, estantes organizadoras podem ser a peça que falta para otimizar seu trabalho

A organização deve ser a primeira medida a ser tomada em uma estação de trabalho com ferramentas. Mantê-las em um lugar limpo, organizado e de fácil acesso é parte muito importante de qualquer serviço. Além de garantir praticidade e agilidade, organizar as ferramentas garante que elas tenham uma vida útil maior, evitando desgastes e defeitos.

Um dos melhores investimentos que alguém pode fazer para garantir a organização de suas ferramentas é uma estante destinada para este fim. Cheias de compartimentos, gavetas e muito fáceis de usar, estas estantes podem fazer a diferença na hora de fazer um serviço, seja profissionalmente ou em casa.

Veja abaixo algumas estantes de diferentes tamanhos e marcas que você pode escolher para o seu tipo de trabalho:

Estante Metálica 54/5 com Gaveteiros Plásticos Bumafer

Estante Gaveteiro com 40 Gavetas Nº 3 Azul Presto

Estante Gaveteiro com 108 Gavetas Nº 3 Bumafer

A Ferramentas Kennedy possui vários acessórios para a organização e o bom desempenho do seu trabalho. Navegue em nosso site e encontre tudo que você procura!

 


Ferramenta é peça fundamental em qualquer marcenaria ou carpintaria. Veja quais são os modelos e como usá-la

 
A plaina é uma ferramenta básica da marcenaria utilizada para deixar superfícies de madeira planas e niveladas.. São muito usadas na construção de móveis e na construção civil, por serem capazes de nivelar tábuas, pisos, bancadas e outras superfícies.

Para começar, é preciso entender as principais diferenças entre as plainas existentes no mercado:

Plaina elétrica: essas plainas possuem lâminas rotativas que aparam e corrigem a superfície onde são aplicadas.

Plaina manual: como não conta com a potência da eletricidade, a plaina manual demanda mais esforço do usuário. Sua vantagem é que, por serem reguladas manualmente, possuem mais precisão.

Plaina de calço: são ferramentas usadas no acabamento e durante a instalação de peças como portas, gavetas, etc, para corrigir detalhes finais
Regulação da profundidade

Para que seu uso seja feito de maneira correta, é preciso regular a ferramenta, o que permite que o trabalho seja realizado da maneira desejada.

As plainas possuem um regulador de profundidade. Antes de começar, é preciso ajustar essa peça, tendo em mente que, quanto mais profundidade a máquina tiver, mais pedaços da madeira ela vai retirar. Caso você não queira tirar demais, é recomendável deixar a plaina com uma profundidade mínima.

O efeito colateral é que talvez você precise passar a ferramentas mais vezes sobre a superfície para atingir o ponto de nivelamento desejado, mas pelo menos garante que não vai tirar partes que não eram pretendidas e que não podem ser repostas.
Segurança
Toda ferramenta exige medidas de segurança durante seu uso. No caso das plainas, equipamentos como óculos e luvas devem ser usados sempre para se proteger de possíveis cortes ou farpas. Além disso, no caso das plainas elétricas, é preciso tomar muito cuidado com o cabo e a rede elétrica para evitar acidentes. Sempre leia o manual de instruções para utilizar corretamente suas ferramentas.

Certifique-se de que o objeto a ser aparado está firme e fixo na bancada própria para isso e segure a ferramenta com as duas mãos para fazer o serviço. Ao fazer os movimentos de vai e vem, garanta que a plaina não fique muito tempo em um só local, para não desgastar a madeira.

Antes de utilizar a plaina para o serviço final, treine em pedaços de madeira que serão descartados. Essa ferramenta exige um certo grau de prática para ser usada da melhor maneira possível.

A Ferramentas Kennedy possui diversas marcas e modelos de ferramentas para marcenaria. Visite nosso site e confira os melhores preços!


Separamos para você alguns conjuntos completos de ferramentas que possuem um preço bastante acessível


Jogos ou kits de ferramentas completos e versáteis são o sonho de qualquer apaixonado por ferramentas, mas muitas vezes o preço destes conjuntos pode assustar. Se este é seu caso, pode ficar tranquilo: aqui na Ferramentas Kennedy, você encontra kits de ferramentas para todos os bolsos.

Abaixo estão três kits econômicos, mas que não deixam nada a desejar a jogos mais robustos e oferecem as ferramentas necessárias para a sua coleção:


Por um preço bastante acessível, este conjunto que inclui um jogo de ferramentas com 149 peças e um kit de chaves com 8 peças da Bumafer é uma das melhores opções para quem busca qualidade e economia. A Bumafer é uma marca de confiança, e as ferramentas deste kit são leves e práticas. A maleta com lugar para todas as peças dá o toque de segurança que você busca para manter as ferramentas livres de arranhões e ferrugem.


Compacto e cheio de opções, este kit de ferramentas da Schulz é perfeito para quem quer ter um conjunto de peças pronto para qualquer serviço caseiro. É ideal para pequenos reparos, ajustes, acertos, instalações e diversas manutenções em casa.

É de fácil armazenagem e transporte, devido ao seu tamanho e leveza. Seu estojo possui compartimentos adaptáveis para as 34 peças.


Moderna e muito funcional, a Nove 54 oferece ferramentas com muita durabilidade e com design inovador. É o caso deste kit completo com 131 peças, que resolve boa parte dos problemas que você pode ter em casa. O preço acessível é um grande diferencial deste jogo completo e versátil.


Conheça as diferentes ferramentas que você pode usar para deixar seu jardim como você sempre sonhou


Na semana passada, falamos das máquinas cortadoras de grama e qual delas escolher dependendo do tipo de terreno a ser aparado. Mas, como você já sabe, existem diversos outros tipos de máquinas para cuidar do seu jardim, certo? Acompanhe abaixo um resumo que a Ferramentas Kennedy preparou com algumas destas máquinas, para saber qual delas combina mais com você.
Cortadores de grama
Cortadores são as ferramentas fundamentais para quem quer ter um jardim bem cuidado. Podem ser manuais, elétricos ou a gasolina. Essa diferença no tipo corresponde à área em que a máquina vai ser usada: terrenos pequenos podem ser aparados com cortadores manuais, enquanto áreas médias e grandes exigem máquinas maiores, como os cortadores elétricos e a gasolina.
Aparadores de grama
Aparadores de grama são destinados a quem quer ou precisa se atentar aos detalhes. São ferramentas utilizadas para dar aquele acabamento final no jardim, deixando as pontas e as arestas perfeitamente aparadas. São máquinas mais leves, recomendadas para áreas pequenas, e podem ser muito úteis e práticas.
Roçadeiras
As roçadeiras, por sua vez, são máquinas destinadas a vegetações e terrenos mais resistentes e densos. Podem ser elétricas ou a gasolina, e também possuem diferenças em seus tipos de lâminas. Roçadeiras com corte a nylon são mais leves e podem ser usadas em gramados, enquanto aquelas a gasolina são recomendadas para terrenos maiores, como pastos e locais com vegetação mais densa.
Outras ferramentas
Além destas três ferramentas principais, existem ainda outras que podem ser utilizadas para cuidar ainda melhor do seu jardim. Desde ferramentas manuais, como tesouras próprias para esse tipo de serviço, como máquinas mais robustas, como motosserras e sopradores de folhas. Independemente do investimento que você esteja disposto a fazer, a Ferramentas Kennedy tem tudo que você precisa. Navegue em nosso site e confira nossas promoções!


Quer mais desconto para comprar suas ferramentas?