O que é e como usar uma rebitadeira?

Esta ferramenta é utilizada na fixação de componentes e chapas de diversos materiais

Dentre as formas de fixar chapas e estruturas, as mais populares são os pregos, parafusos ou até mesmo as colas. No entanto, existe outro método amplamente utilizado, tanto em itens do dia a dia quanto em aeronaves e construções: o rebite. Para aplicá-lo, utilizamos a rebitadeira, ou rebitador. Conheça mais sobre essa ferramenta!

O que é uma rebitadeira e para que a ferramenta serve?

O rebitador, alicate rebitador ou rebitadeira é uma ferramenta simples e muito útil para serviços de fixação usando rebites.  

Existem os rebitadores manuais e também os pneumáticos. Na maior parte dos serviços, a ferramenta manual é suficiente. O modelo pneumático é utilizado para serviços profissionais, nos quais é necessário mais agilidade.

Tipos de rebitadeira manual

Dentre os modelos manuais, a rebitadeira pode ser dos seguintes tipos.

Rebitador manual comum: este é voltado para rebites de alumínio. Normalmente, esses equipamentos vêm com quatro pontas, além da chave para substituir a ponta. 

Rebitador alavanca: este equipamento é recomendado tanto para rebites de aço quanto para rebites de alumínio. Além disso, essa ferramenta conta com um depósito para a parte dos rebites que é descartada.

Rebitador sanfona: trata-se do tipo de rebitadeira mais reforçado, que conta com uma sanfona para diminuir o esforço físico na hora de rebitar. Existem modelos tanto para alumínio quanto para aço.

Por que usar rebites?

A rebitagem, isto é, a fixação utilizando rebites, é utilizada em diversas indústrias - desde pequenas chapas de metal até ônibus, navios e aviões. 

Esse procedimento é amplamente empregado porque a rebitagem demanda baixo custo com uma fixação de alta resistência e também é muito leve. Os rebites unem tanto pranchas de diversos tipos de metal quanto outros materiais, como plásticos e até madeira.

Os rebites são chamados de fixadores semipermanentes. Isso porque o rebite é feito para ser instalado de uma vez só, garantindo a fixação por muito tempo.

É claro que, caso seja necessário, é possível utilizar um maquinário específico para remoção dos rebites.

Como funciona a rebitadeira manual?

O funcionamento do rebitador manual é muito simples. Primeiro, certifique-se de que está utilizando o bico correto para o tamanho do seu rebite. A melhor forma de fazer isso é testar para ver se o rebite está cabendo no furo. 

Em seguida, é só colocar o rebite completo dentro da ponta da rebitadeira e apertar a ferramenta até "estourar". É assim mesmo: o rebitador serve para empurrar a espiga, isto é, a parte comprida, até que a cabeça se junte com a ponta, uma de cada lado, fixando a peça. No caso dos rebitadores convencionais, a espiga fica presa na ponta. 

Por fim, é só tirar para rebitar novamente. No caso das rebitadeiras que têm compartimento, a espiga é armazenada e o rebitador já está pronto para continuar rebitando.

Como funciona a rebitadeira pneumática?

A rebitadeira pneumática realiza exatamente o mesmo serviço. A principal diferença está na praticidade do trabalho que é proporcionada pelo abastecimento pneumático.

Acoplada em um compressor de ar, a rebitadeira pneumática realiza o serviço de rebitagem com rapidez e eficiência. 

Pronto! Agora você já sabe tudo sobre a rebitadeira e como utilizá-la. Quer conhecer os melhores modelos de rebitadores, rebites e outras ferramentas? Confira no site da Ferramentas Kennedy.

QUER MAIS DESCONTO PARA COMPRAR SUAS FERRAMENTAS?

Assine nossa letter e aproveite nossas promoções!