Faça você mesmo

Conter as pragas é o primeiro passo para ter um jardim bem cuidado. Veja algumas dicas simples e fáceis de aplicar

Plantar e cuidar do jardim é uma tarefa muito relaxante e satisfatória. Nesses tempos de isolamento social, pode ser quase uma terapia para quem está ficando em casa. Porém, para ter um jardim bonito e bem  cuidado, é preciso prestar atenção nos pequenos inimigos que podem destruir seus cultivos: as pragas.

Formigas, pulgões, moscas brancas, cochonilhas e outros insetos são ameaças que devem ser evitadas a todo custo. Veja abaixo algumas dicas para cuidar de seu jardim e evitar as pragas:

Cuide das suas plantas

Pragas e insetos costumam atacar plantas já debilitadas. Por isso, uma boa forma de se prevenir é cuidar bem das suas plantas, oferecendo a elas a quantidade certa de água e nutrientes e limpando bem os vasos, retirando galhos secos e outras sujeiras. Isso permite que elas se defendam sozinhas dos ataques.

Alho e pimenta

Para evitar que as pragas cheguem até suas plantas, uma boa ideia é usar os aliados de sempre:alho e pimenta. Bata no liquidificador e coloque a mistura junto com álcool em uma garrafa por sete dias. Depois, é só diluir 100ml a cada 10 litros de água e pulverizar nas plantas para protegê-las.

Hortelã 

Vários problemas com pragas podem ser resolvidos através de soluções caseiras, sem o uso de agrotóxicos. Dessa forma, além de preservar o meio ambiente, você evita matar insetos que são benéficos para as plantas e comem algumas destas pragas, como as joaninhas.

Moscas brancas, por exemplo, podem ser espantadas com chá de hortelã pulverizado na planta atacada. Plantar hortelã ou arruda no seu jardim também pode ser uma boa solução contra esta praga.

Sementes de gergelim e calda de fumo

Para espantar formigas, o segredo são sementes de gergelim, enquanto cochonilhas, bichinhos brancos que sugam a seiva da planta, podem ser eliminados com calda de fumo.

Aliados

Assim como as pragas são inimigas dos nossos jardins, eles também possuem alguns aliados importantes. Outros insetos, como joaninhas, podem conter as pragas, e outras plantas, como hortelã e arruda, podem espantá-las. 

A lista de aliados é extensa. Entre as plantas, estão inclusas a camomila, o alho, o cravo e o girassol. Outra opção é tentar atrair pássaros para o jardim, já que eles também se alimentam dos bichinhos indesejados.

Além dessas soluções caseiras, é preciso ter as ferramentas certas. Nossa linha de ferramentas para jardinagem está toda em liquidação. Clique aqui e aproveite!


A limpeza correta garante que suas ferramentas durem mais tempo. Confira as dicas

Manter as ferramentas limpas é fundamental para garantir a vida útil delas. Resquícios de poeira ou outros materiais que ficam acumulados nelas podem causar ferrugem e danificar o funcionamento de peças. Por isso, limpar bem suas ferramentas depois do uso ou se estiverem guardadas há muito tempo deve ser uma prática recorrente.

Como limpar?

Tudo depende do tipo de ferramenta que estamos falando. Ferramentas manuais, como martelos, chaves de fenda, alicates, entre outras ferramentas de metal, devem ser limpas de acordo com as instruções do fabricante, normalmente com detergente ou sabão neutro, e secas com um pano seco, evitando que qualquer resíduo permaneça na peça. Depois, é só guardar em um local limpo e arejado. 

Se forem guardadas por muito tempo, recomenda-se que seja utilizado um óleo anticorrosivo para evitar problemas.

ferramentas elétricas devem ter alguns cuidados um pouco diferentes. Na hora de limpar, é recomendado usar um pincel para tirar resíduos das entradas e saídas de ar. Outra recomendação é que furadeiras, parafusadeiras e outras ferramentas elétricas sejam guardadas na caixa original, que normalmente são resistentes e oferecem proteção para as máquinas.

Assim como as ferramentas manuais, elas devem ser guardadas em locais limpos e arejados.

A Ferramentas Kennedy oferece ferramentas de qualidade, que possuem uma vida útil bastante longa se forem limpas e guardadas com cuidado. Navegue em nosso site e encontre tudo o que precisa!


A ferrugem é um grande problema, mas não é o fim do mundo! Veja como se livrar dela

Ferramentas sempre correm o risco de enferrujar. Com qualquer descuido, a ferrugem toma conta e pode arruinar as peças. Mas uma ferramenta enferrujada não significa uma ferramenta para se jogar fora.

Existem alguns métodos que podem ajudar. A Ferramentas Kennedy separou algumas dicas para limpar suas ferramentas e deixá-las novas para o uso:

- Soluções caseiras: é possível retirar a ferrugem com alguns produtos caseiros, que incluem o vinagre branco, sal e limão, refrigerante de cola e bicarbonato de sódio. Estes produtos são eficientes e podem ajudar. O único ponto negativo é que eles não fornecem uma proteção prolongada para as suas ferramentas

- Produtos específicos: para ter essa proteção, é preciso investir em produtos feitos especificamente para esse fim. É o caso dos removedores de ferrugem e dos condicionadores de metais. A vantagem de usar estes produtos é que, além de remover a ferrugem, eles agem sobre as ferramentas criando uma camada de proteção, um processo conhecido como fosfatização.

A fosfatização protege a ferramenta contra a corrosão, criando uma camada de cristais sobre o metal.

Prevenção

O mais recomendado, porém, é prevenir-se da ferrugem. As ferramentas não enferrujam apenas quando são expostas a lugares úmidos ou à chuva. Elas podem enferrujar também quando são guardadas sem a limpeza adequada, uma vez que os resíduos que permanecem nelas podem reter a umidade.

Portanto, faça a limpeza das ferramentas depois do uso e guarde-as em locais arejados. Se precisar, invista

A Ferramentas Kennedy possui os melhores removedores de ferrugem do mercado. Navegue em nosso site e confira!


Conheça as técnicas que vão ajudar você a resolver este problema!

Um parafuso com uma cabeça espanada pode trazer uma grande dor de cabeça. Isso acontece quando não conseguimos mais utilizar uma ferramenta para desenroscar o material e ele parece “afundado” na superfície. Com isso, uma tarefa simples como retirar um parafuso pode se tornar bem complicada.

Abaixo, separamos algumas dicas para retirar parafusos espanados:

Use um elástico

Antes de perder a cabeça, faça o seguinte: coloque um elástico sobre o parafuso, insira com firmeza a ponta da sua Chave de Fenda ou Philips e tente desrosquear o parafuso lentamente.

Se não encontrar um elástico, substitua-o por um pouco de lã de aço ou até mesmo por um pedaço da superfície áspera da esponja de cozinha.

Utilize seu alicate

Se o parafuso espanado não estiver totalmente "enterrado", você pode retirá-lo com a ajuda de um alicate. Procure por um ponto de contato forte, pressione o alicate com firmeza e gire o parafuso até que ele seja completamente removido.

Troque de chave

Caso o parafuso espanado tenha a cabeça do tipo Phillips, é possível tentar removê-lo utilizando uma Chave de Fenda Lisa. Introduza a ferramenta na cabeça do parafuso e gire com força. Para aumentar sua chance de sucesso, combine essa estratégia com o método do elástico.

Martelo também pode ajudar

Com um martelo, bata a Chave de Fenda ou Phillips diretamente na cabeça do parafuso. Este movimento pode garantir a aderência que você precisa para girar o parafuso espanado e removê-lo.

Coloque sua furadeira para trabalhar

Nenhuma das sugestões acima funcionou? Não se preocupe, ainda existe uma última alternativa. 

Com uma furadeira, faça um pequeno buraco no parafuso espanado. Dessa forma, é possível fazer com que a Chave de Fenda penetre mais profundamente no parafuso para obter uma aderência maior.

Mas atenção, utilize uma broca própria para metais e tome cuidado para não exagerar na perfuração. Caso contrário, a cabeça do parafuso pode não suportar e quebrar, piorando ainda mais o seu problema inicial.

Gostou das dicas que separamos para você? Então continue ligado no Blog da Ferramentas Kennedy!


Pintar a casa dá trabalho, mas é uma ótima opção para renovar o seu lar. Confira algumas dicas

Pintar a casa é sempre uma boa ideia, seja para mudar a cara de um cômodo ou deixar tudo com cara de novo. Nesse período de quarentena, pode ser ainda um ótimo passatempo. Porém, é preciso tomar alguns cuidados para não causar problemas.

Veja abaixo algumas dicas para evitar erros comuns na hora da pintura:

Não economize nos acessórios de pintura

Comprar produtos baratos para pintar sua casa pode parecer uma decisão econômica, mas os gastos serão muito maiores quando você perceber que os produtos de baixa qualidade que você tem em mãos oferecem uma pintura mal feita. Invista em produtos de qualidade, como pincéis e broxas confiáveis e rolos de espuma.

Lave os rolos de tinta antes de usar

Rolos de tinta podem vir com algumas fibras soltas que podem prejudicar a pintura. Por isso, lave bem a parte de espuma com água e um pouco de sabão líquido antes de usar pela primeira vez um rolo novo.

Cubra bem móveis e pisos

Um dos erros mais comuns ao pintar a casa é esquecer de cobrir bem os móveis e o chão. Se você fizer isso, vai passar mais tempo limpando do que de fato pintando. Se puder tirar os móveis da sala, melhor. Senão, leve tudo para o centro do cômodo e cubra tudo com plástico, de forma que elas fiquem protegidas até o chão.

Com o piso, uma boa dica é colocar fita adesiva para evitar que a tinta pingue, principalmente em pisos de madeira. Use algum objeto para firmar bem a fita e evitar imprevistos.

Finalize uma parede antes de começar outra

É comum querer fazer os detalhes e cantos de  todas as paredes antes de passar o rolo de tinta por elas, mas isso não é o mais recomendado. Ao invés disso, é melhor passar o rolo de tinta em uma parede logo após pintar os detalhes, finalizando o serviço em uma parede antes de começar outra. Com isso, você garante que as duas camadas de tinta se misturem melhor.

Misture sua tinta

É comum que galões de tinta da mesma cor tenham leves diferenças de tonalidade. Se você só perceber isso quando terminar um e começar outro,  vai ficar com paredes de tonalidades diferentes. Para evitar esse problema, misture os galões da mesma cor em um único recipiente para ficar com uma cor homogênea.

A Ferramentas Kennedy tem tudo o que você precisa para fazer a pintura das suas paredes. Confira nossa seção de pintura!


QUER MAIS DESCONTO PARA COMPRAR SUAS FERRAMENTAS?

Assine nossa letter e aproveite nossas promoções!